7 habilidades necessárias para saber como negociar

7 minutos para ler

Embora muita gente não goste, negociar faz parte de qualquer carreira, especialmente quando se está no ambiente empresarial. Aliás, a maioria das pessoas ― dos clientes ao seu chefe ― adora um acordo, sobretudo ao sentir que está do lado vencedor. Isso significa que aprender como negociar de modo mais eficaz é importante tanto para você quanto para a sua empresa.

Mas conhecer as habilidades de negociadores e saber usá-las pode ser um desafio para alguns profissionais. Afinal, para ser um bom negociador, são necessárias algumas técnicas que possibilitam auxiliar na hora de fechar um negócio.

Pensando nisso, para que você seja um melhor articulador e tenha sucesso ao negociar qualquer coisa, este post vai falar sobre as habilidades de negociadores para ter sucesso em suas vendas e em outras situações. Confira!

O poder da negociação na carreira

Negociar é uma competência que, assim como qualquer outra, pode ser aprendida, aprimorada e dominada. Mais do que simplesmente explicar a lógica e os benefícios de uma posição, é preciso mostrar aos outros que uma ideia faz sentido. E, para fazer com que enxerguem como uma decisão gerará um retorno desejado, é preciso ser convincente.

Em outras palavras, negociar é a maneira mais eficiente para entrar em acordo com uma outra parte e evitar impasses ou litígios. A principal finalidade desse processo é garantir que os dois lados estejam satisfeitos com os termos — o que nem sempre ocorre.

Isso tem a ver com a entonação da voz, a expressão corporal, o vocabulário e, principalmente, a compreensão das necessidades de quem está do outro lado da mesa. Por isso, conhecer técnicas de negociação pode aprimorar suas habilidades e torná-lo um mestre nessa arte.

5 habilidades para uma excelente negociação

Em essência, para saber como negociar de forma brilhante, é necessário desenvolver várias competências de comunicação. A seguir, vejamos quais são elas!

1. Tenha boa argumentação

Ao começar uma negociação, a forma como você vai defender o seu ponto de vista é o primeiro ponto de impacto. Sendo assim, você deve construir uma argumentação convincente e com bom embasamento.

Digamos que você vai defender um projeto. Então, precisa estudar o assunto e traçar um roteiro para que a sua ideia receba atenção. Além disso, se possível, conheça o perfil da pessoa e/ou empresa com quem você vai negociar para encontrar objetivos comuns, especialmente se houver um histórico de diálogo. Resultados anteriores podem, inclusive, definir o tom das negociações atuais.

2. Aprimore a oratória

Para que o seu discurso ganhe mais ênfase, desenvolver a oratória conta muito. Ao se comunicar de forma clara e eloquente, você evita mal-entendidos e garante a compreensão da maioria das informações.

Imagine que você está dando uma palestra em um auditório lotado. Se estiver agindo com timidez, olhando para baixo, passando insegurança, quantos vão levar você a sério? Por isso, demonstrar firmeza, dar diferentes entonações e expressões no discurso permite que seu raciocínio seja mais atrativo e bem quisto por quem ouve.

3. Desenvolva a escuta ativa

Em vez de gastar a maior parte do tempo em negociações expondo as virtudes do próprio ponto de vista, o negociador experiente passa mais tempo ouvindo a outra parte.

Quem está do outro lado demonstra reações positivas e negativas e, principalmente, pode tecer comentários. Então, a escuta ativa envolve a capacidade de ler a linguagem corporal, bem como a comunicação verbal do interlocutor. Durante a negociação, é importante prestar atenção em tudo que o interlocutor diz e expressa para encontrar áreas com as quais você possa conectar seus argumentos.

4. Tenha jogo de cintura

Durante uma negociação, tudo pode acontecer. Por isso, um bom negociador precisa ter a desenvoltura necessária para buscar uma variedade de soluções para diferentes problemas. Assim, concentrar-se apenas no objetivo final da negociação, sem levar em conta adversidades ou as questões particulares do interlocutor, pode gerar um colapso de comunicação.

Além disso, a tal “política da boa vizinhança” é essencial. Habilidades aproximativas garantem um bom relacionamento com os envolvidos na negociação. Isso significa manter uma atmosfera positiva, ter boas práticas de persuasão, mas sem manipular ninguém negativamente.

5. Fale com o tomador de decisões

Apesar de parecer meio óbvia, essa dica é essencial, pois diversos empreendedores cometem o erro de negociar com a pessoa errada. Portanto, antes de iniciar qualquer tipo de acordo, investigue e valide quem é a pessoa responsável pela tomada de decisão. Muitas vezes, o processo é realizado por analistas ou assistentes, que, antes nos bastidores, passam aos gestores as condições alinhadas na reunião. O que pode prejudicar o fechamento da parceria. Portanto, faça o possível para conseguir uma reunião com essa pessoa determinante!

6. Desenvolva habilidades dos negociadores de sucesso

Podemos dizer que a negociação é algo que fazemos todos os dias em nossa vida, pois envolve capacidades importantes. Tais como a definição de quem é você e as relações que precisa para fazer o processo acontecer. E tudo isso, de certa forma, está ligado à nossa personalidade.

As habilidades de negociação estão associadas ao modo como se executam as atividades, aplicam-se conhecimentos ou com a maneira de agir e de pensar. Sendo assim, o desenvolvimento de uma habilidade trata-se, basicamente, do aperfeiçoamento de uma aptidão natural, mas que, para gerar um uso competente, deve ser treinada e aprimorada.

Não esqueça que, em uma negociação, o que está em jogo não é o seu ego. E sim um produto, um serviço, uma decisão ou um acordo sem relação alguma com seu status ou competência. Ceder e aceitar os termos da outra parte não significa ineficiência, muitas vezes pode ser a atitude correta em uma situação difícil. Por isso, se você perceber, no meio da conversa, que algo está errado ou que não conseguirá mais nada além do que já foi oferecido, aceitar o acordo pode ser a melhor alternativa.

Portanto, desenvolver habilidade de negociadores de sucesso é uma excelente estratégia para os profissionais que buscam se diferenciar e ampliar competitividade no mercado, para alcançar resultados incríveis.

7. Faça uma pós-graduação

Como abordado anteriormente, a maioria dos atributos necessários para uma boa negociação pode ser aperfeiçoada com muito estudo e treino.

Nesse caso, se você deseja saber como negociar de forma eficiente, o ideal é expandir as suas habilidades com um curso de negociação. Nessas aulas, será possível aprender inúmeras técnicas e desenvolver o feeling exigido para lidar com a competitividade do mercado.

Além disso, os cursos possibilitam que você atue com mais segurança, naturalidade e respeito, para que a negociação tenha fluência e coerência de informação. Assim como possibilita a capacidade de desenvolver cenários benéficos, em que todos os envolvidos ficarão satisfeitos com os resultados.

Lembre que, quando o profissional está bem informado, preparado e afiado nas habilidades de negociador, fica mais fácil fechar bons negócios, fortalecer as relações com terceiros. Para que, assim, seja possível alcançar os objetivos propostos pela empresa!

Agora que conheceu algumas habilidades de negociação, assine a nossa newsletter. Assim você pode ficar por dentro de todas as novidades do blog da HSMU!

Posts relacionados