Design estratégico: confira como trazer inovação para sua empresa

4 minutos para ler

Na atualidade, a palavra “design” não se relaciona apenas à estética e a um projeto de produto, mas também é considerada uma estratégia para construir uma empresa de sucesso. A partir dessa avaliação, observa-se o design estratégico, que soluciona problemas com a metodologia do design convencional para alcançar metas e objetivos.

Trata-se de tomar decisões com base em fatos, em uma proposta que pode interligar inovação, desenho e estratégia. Além disso, o design estratégico é voltado para entender o comportamento e os desejos do cliente, podendo assim direcionar a produção de forma a criar soluções e, por fim, obter melhores resultados na empresa.

Na sequência, você vai encontrar as informações necessárias para trazer inovação para sua empresa por meio da aplicação dessa metodologia. Confira!

O que é design estratégico?

O design estratégico consiste na criação de um projeto voltado à necessidade do cliente. Essa criação é feita com a coleta de informação de mercado e consumidores.

Um dos objetivos da estratégia é inovar a maneira como uma empresa atua. Montando uma organização ou modelo de negócios capaz de identificar novas oportunidades e estimular uma inteligência competitiva para ganhar espaço no setor.

Por que investir em design estratégico?

Ao investir nesse método, a empresa está formando novas oportunidades e otimizando a gestão. Mas não somente isso: ela vai garantir maior espaço no mercado e ter um produto diferenciado, visto que o produto é concebido especificamente pensando nas necessidades do público.

Outro aspecto dos motivos para investir nessa inovação é que, dessa maneira, o mindset de toda equipe é mudado. Há um importante aumento do engajamento. Por isso, o modelo de trabalho ganha um propósito maior, além de juntar áreas como Marketing e Vendas para solucionar os problemas e alcançar os objetivos.

Como funciona o design estratégico?

O design estratégico muda por completo a organização interna de uma empresa! Ou seja, a transformação não é somente em um layout, por exemplo, mas consiste em uma alteração em cada membro da equipe. Tais indivíduos devem ter como principal meta fornecer uma experiência interessante para o cliente, e a consequência disso é uma evidente otimização no serviço.

Você já sabe: o funcionamento do design estratégico se baseia na elaboração de um produto ou serviço que satisfaça o cliente. Pode abranger técnicas diversas, como a gamificação e a aplicação de metodologias ágeis.

Com isso, as áreas da empresa são reformuladas, e o plano de ação para montar e divulgar é direcionado para alcançar tal propósito final.

Como implementar esse conceito?

A aplicação do processo de inovação por meio do design estratégico começa com uma pesquisa de mercado, quando se pode compreender as necessidades, desejos e expectativas do consumidor. O segundo passo é criar um protótipo. Esse modelo preliminar serve para testar diferentes ideias e avaliar qual é a melhor opção naquele cenário.

Outra ação importante é manter-se próximo do cliente. Então, podem ser feitos testes de produtos ou com os protótipos, e assim pedir uma avaliação daquele cliente. Tal etapa, além de fornecer informações importantes sobre o projeto, cria uma imagem acessível da empresa. Além disso, comunica que seu propósito está alinhado ao objetivo de agradar o cliente.

Então, após recolher todas essas informações, a companhia muda o mindset e a estrutura.

Uma boa opção é investir em uma pós-graduação que contemple essa área, que junte o design estratégico com a criação de uma cultura de inovação. Os estudos nesse ramo ajudam a adquirir mais conhecimento sobre o processo de design estratégico como um todo e acerca da forma como implementar essa ideia em uma empresa.

Agora você já sabe as informações necessárias para aplicar o design estratégico e a inovação no seu negócio. Com certeza, vai atrair mais clientes e prosperar nos objetivos que tiver!

Gostou do conteúdo e gostaria que mais pessoas conheçam sobre o design estratégico? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais!

Posts relacionados

Deixe um comentário