Scale-up: descubra como manter a taxa de crescimento de seu faturamento

4 minutos para ler

Com as mudanças na economia e no comportamento dos consumidores, vários modelos de negócios surgem e diversos conceitos ganham força no mundo do empreendedorismo.

Dentre eles, podemos destacar o scale-up, uma categoria empresarial que tem como primordial um crescimento sustentável e exponencial. Quer entender como ter uma empresa scale-up? Continue neste post e fique por dentro de vários pontos relevantes!

O que é uma scale-up?

Ter uma empresa scale-up significa contar com escalabilidade ágil e sustentável, mantendo uma taxa de crescimento acima de 20%, por pelo menos três anos consecutivos.

Uma scale-up já é uma empresa consolidada no mercado em que está inserida, com um produto testado e de alta demanda. Além de, é claro, sustentar uma mentalidade inovadora e comprovada.

Qual a diferença entre scale-up e startup?

As startups são empresas que iniciam com um grupo de pessoas que estão em busca de um modelo de negócio escalável, por meio de testes que geram incertezas. Agora, quando falamos de uma scale-up, referimo-nos a uma empresa com modelo de negócio já testado e bem-definido, com faturamento em ascensão.

Além dessa diferença básica, podemos também considerar a maneira como a equipe exerce as próprias funções. Enquanto nas startups uma mesma pessoa costuma acumular mais de uma função, na scale-up cada equipe tem encargos ou atribuições específicas para tornar o grupo especializado e ter alta produtividade.

Como construir uma scale-up?

Toda empresa pode se tornar uma scale-up. Afinal, estamos falando de um negócio com um crescimento sustentável, certo? Então, veja abaixo os 3 passos para ter uma organização desse tipo.

1. Teste e valide seu produto no mercado

O primeiro passo é ter um produto testado e validado no mercado, com uma alta demanda. Isto é, avalie se há um público-alvo denso o suficiente para sustentar as vendas ao longo de anos. Uma empresa só escala se os consumidores estiverem sempre comprando.

2. Valide os processos internos e motive a equipe

A equipe é uma base importante para o crescimento de uma empresa. Porém, se ela for desorganizada, quando os colaboradores não compreendem bem os papéis que devem exercer nesse crescimento, acaba atrapalhando o projeto.

Por isso, examine os processos e refaça-os, se necessário. Treine os colaboradores para que cada um saiba exatamente o que, como e o por que fazer.

Além disso, para motivar ainda mais a equipe, vale criar um plano de carreira dentro da empresa, com uma política transparente, de modo que os colaboradores possam crescer junto da organização. Desse modo, passa a ser não apenas mais um trabalho, mas sim um plano de futuro profissional.

3. Troque experiências para diminuir riscos

Apesar de sabermos que os principais aprendizados vêm dos erros, no modelo de scale-up é imprescindível minimizar tais deslizes. Nesse cenário, além de apostar em líderes já bem conceituados, é preciso trocar experiências por meio de networking com pessoas desse mercado. Para que seja possível aprender com os tropeços dos que já trilharam esse caminho.

Quais são os principais desafios?

Tornar-se uma scale-up requer planejamento e estrutura, por isso alguns desafios despontam inevitavelmente durante essa jornada. Suportar uma taxa de crescimento frequente na empresa significa estar preparado para os desafios de manter os processos muito bem alinhados, estar sempre contratando pessoas e saber o melhor caminho para (re)investir o faturamento da empresa.

Ademais, é importante entender o estado financeiro do negócio hoje e o montante de recurso necessário para nutrir aquele crescimento.

Como investir em uma scale-up?

Embora uma scale-up demonstre que a empresa é escalável e com taxa de crescimento gradativa, não há garantia absoluta do tempo de retorno, nem dos valores a ganhar. Portanto, vale buscar plataformas online de investimento para cercar melhor a participação nas scale-ups.

Além de aportar recursos como investidor-anjo, pode-se investir também por meio da modalidade private equity (injeção de capital privado, normalmente feita por grupo de pessoas reunido em um fundo de investimento).

Ter uma scale-up, apesar dos desafios que podem surgir nesse caminho, é um dos melhores conceitos a seguir na empresa para ter faturamento sustentável e crescimento elevado.

Gostou do conteúdo? Então, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube.

Posts relacionados

Deixe um comentário